A Oração, A Submissão Incondicional e Os “Reis da Terra”

De direita, de esquerda… você sabe a quem todos os líderes mundiais servem? “Então vi saírem da boca do dragão, da boca da besta e da boca do falso profeta três espíritos imundos semelhantes a rãs. São espíritos de demônios que realizam sinais miraculosos; eles vão aos reis de todo o mundo, a fim de reuni-los para a batalha do grande dia do Deus todo-poderoso.” (Apocalipse 16:13–14)

Há um tipo pernicioso de instrução entremeado entre os cristãos, especialmente os evangélicos, que se afasta totalmente das recomendações bíblicas e escraviza sob os grilhões do próprio satanás… e é sobre isso que vou tentar explanar muito brevemente nesse texto: vou destacar as PALAVRAS nas passagens transcritas para facilitar o entendimento e SEMPRE priorizar o resumo do primeiro dentre os 10 mandamentos que nos ordena a AMAR AO SENHOR DEUS ACIMA DE TODAS AS OUTRAS COISAS.

EQUAÇÃO COM AS PALAVRAS

“Admoesto-te, pois, antes de tudo, que se façam deprecações, orações, intercessões, e ações de graças, por todos os homens; pelos reis, e por todos os que estão em eminência, para que tenhamos uma vida quieta e sossegada, em toda a piedade e HONESTIDADE; porque isto é bom e agradável diante de Deus nosso Salvador.” (1 Timóteo 2:1–3)
“Tendo o vosso viver honesto entre os gentios; para que, naquilo em que falam mal de vós, como de malfeitores, glorifiquem a Deus no dia da visitação, pelas boas obras que em vós observem. Sujeitai-vos, pois, a toda a ordenação humana por amor do Senhor; quer ao rei, como superior; quer aos governadores, como por Ele enviados PARA CASTIGO DOS MALFEITORES, e PARA LOUVOR DOS QUE FAZEM O BEM. Porque assim é a vontade de Deus, que, fazendo bem, tapeis a boca à ignorância dos homens insensatos; Como livres, e não tendo a liberdade por cobertura da malícia, mas como servos de Deus. HONRAI A TODOS. Amai a fraternidade. TEMEI A DEUS. HONRAI AO REI.” (1 Pedro 2:12–17)

Antes de prosseguir precisamos deixar bem claro que em uma MONARQUIA se considera o rei como enviado pelo próprio Deus, enquanto que numa DEMOCRACIA o resultado das eleições — mesmo que fraudado! — acaba sendo uma PERMISSÃO de Deus, cabendo aí todos os mecanismos inerentes ao modelo democrático, inclusive, nos casos constitucionalmente previstos, o impeachment.

É inevitável afirmar que a degradação da humanidade e sua rebelião contra o Senhor nos trouxe a este ponto de extrema inversão, onde a maior parte dos que chegam ao poder passou a louvar (e negociar com) os malfeitores e castigar (principalmente com cargas tributárias escorchantes, para cobrir os roubos e erros ocorridos em sua administração) os que fazem o bem… o que fazer? Devemos deixar de orar por eles?!

“Porque NÃO SABEMOS O QUE HAVEMOS DE PEDIR COMO CONVÉM, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis. E aquele que examina os corações sabe qual é a intenção do Espírito; e é ele que segundo Deus intercede pelos santos. E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.” (Romanos 8:26b–28)

Já expus minuciosamente o quão idiotas e demoníacos são os cristãos que vivem sob o mantra do “não julgueis”, especialmente quando se identificam claramente as práticas pecaminosas (ou seja, diretamente contrárias ao que está estabelecido na Palavra de Deus) de quem está sendo “julgado”, mas no âmbito (que doravante passarei a chamar de) secular há práticas não previstas na Bíblia e que, de fato, apenas o Senhor pode julgar… e é aí que grita nosso DEVER DE ORAR pelos líderes!

“Quando o governo é justo, o país tem segurança; mas, quando o governo cobra impostos demais, a nação acaba na desgraça.” (Provérbios 29:4 NTLH)
“O rei que exerce a justiça dá estabilidade ao país, mas o que gosta de subornos o leva à ruína.” (Provérbios 29:4 NVI)

Inicialmente pode parecer que não há correlação alguma entre “cobrar impostos demais” e “gostar de subornos” — e até poderia considerar alguma manipulação dos tradutores com intenção política —, mas… a observação do cotidiano nos permite ver que:
1. Se enquanto na esfera “geral” e “dentro da lei” a elevada carga tributária é imposta para sustentar a incompetência administrativa e os desvios criminosos de verbas públicas…
2. Isso acaba incentivando e permitindo — num âmbito restrito e absolutamente fora da lei — o surgimento dos “amigos do rei” ou, explicando, aqueles que preferem custear diretamente os luxos e abusos dos governantes, pois isso acaba saindo mais barato que pagar os tributos regulares e ainda pode fazer com que o governante os beneficie generosamente através da criação de leis e decretos sob medida, perdão de multas por crimes cometidos… enfim: o famoso “uma mão lava a outra”, quando elevado à potência institucional/governamental, acaba sendo o princípio gerador de toda a corrupção!

Só lembrando: “Agora, pois, seja o temor do Senhor convosco; guardai-o, e fazei-o; porque não há no Senhor nosso Deus iniquidade nem acepção de pessoas, NEM ACEITAÇÃO DE SUBORNO.” (2 Crônicas 19:7)

Mas se altos impostos e subornos levam à ruína de uma nação, será que esta ruína pode ser considerada como um claro atestado da corrupção? E como poderemos distinguir os corruptos dentre tantos governantes e principados? Certamente não é pedindo que “Deus abençoe” o malfeitor — ou, pior ainda, ficando calados — que iremos solucionar a situação crítica: sem deixar de tomar todas as medidas cabíveis no âmbito secular, espiritualmente não devemos julgar diretamente ou amaldiçoá-los pelas claras falcatruas que aparentam cometer, mas PEDIR AO SENHOR QUE JULGUE E PUNA SEVERAMENTE QUALQUER UM QUE FOR ENCONTRADO EM FALTA!

“Não é bom favorecer o ímpio, e com isso, fazer o justo perder a questão.” (Provérbios 18:5)
“Ai dos que decretam leis injustas, e dos escrivães que prescrevem opressão.” (Isaías 10:1)
“Não oprimirás o diarista pobre e necessitado de teus irmãos, ou de teus estrangeiros, que está na tua terra e nas tuas portas. No seu dia lhe pagarás a sua diária, e o sol não se porá sobre isso; porquanto pobre é, e sua vida depende disso; para que não clame contra ti ao Senhor, e haja em ti pecado.” (Deuteronômio 24:14–15)

Observem atentamente esta última passagem: promover o sofrimento de qualquer um, especialmente o dos pobres — seja pagando-os indevidamente, seja matando-os sem atendimento médico, seja cobrando impostos abusivos — é, sem dúvida alguma, PECADO!
Guardem essa informação…

LENIÊNCIA

“Obedecei a vossos pastores, e sujeitai-vos a eles; porque velam por vossas almas, COMO AQUELES QUE HÃO DE DAR CONTA DELAS; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil.” (Hebreus 13:17)

Até aqui foi exposto o claro procedimento bíblico a ser tomado por um cristão, mas… por que os líderes não esquecem suas franquias de empresas eclesiásticas, se reúnem como CORPO DE CRISTO — a saber, a única e verdadeira IGREJA — e, arrependendo-se de seus pecados, jejuam e oram pedindo para que o Senhor realize essa “operação limpeza” que poderia mudar a história de um país inteiro?!?
Ora, a resposta é deveras simples e poderá ser decepcionante para alguns, mas… a maioria dos líderes é CONIVENTE com o atual estado das coisas!

Assim diz o Senhor Deus, que congrega os dispersos de Israel:
Ainda ajuntarei outros aos que já se lhe ajuntaram. Vós, todos os animais do campo, todos os animais dos bosques, vinde comer. TODOS OS SEUS ATALAIAS são cegos, nada sabem; todos são cães mudos, não podem ladrar; andam adormecidos, estão deitados, e gostam do sono. E estes cães são gulosos, não se podem fartar; e eles são PASTORES que nada compreendem; todos eles se tornam para o seu caminho, cada um para a sua ganância, cada um por sua parte. Vinde, dizem, trarei vinho, e beberemos bebida forte; e o dia de amanhã será como este, e ainda muito mais abundante.” (Isaías 56:8–12)

“E dizia-lhes uma parábola: Pode porventura o cego guiar o cego? Não cairão ambos na cova?” (Lucas 6:39)

A passagem acima é profética e deixa claro que a conformidade dos pastores não será, necessariamente, uma aliança com o governo, mas ocorrerá porque eles próprios, por sua posição de liderança, não podem correr o risco de lançar a semente do entendimento sem que com isso passem a correr o risco de perder suas próprias conveniências no caso de serem pegos — ou não, já que haverão muitos cristãos clamando pelo julgamento vindo do próprio Deus, que tudo vê e tudo sabe! — em erros: melhor manter os membros da “empreja” na ignorância, orando só por livramento e bênçãos por quaisquer líderes, corruptos ou não… inclusive eles próprios!

“Bem-aventurada é a nação cujo Deus é o Senhor, e o povo ao qual escolheu para sua herança.” (Salmos 33:12)

E essa nação, sinto informar a alguns desatentos (ou ignorantes mesmo) cheios de boa vontade, definitivamente NÃO É O BRASIL!
O Brasil, por exemplo e para começo de conversa, é uma nação idólatra e safada, onde se tem uma padroeira e o povo só sabe citar o “atire a primeira pedra quem não tiver pecado” para afrontar a decência, mas parece fazer questão absoluta de ignorar completamente o “não pequeis mais”, criando uma imagem fantasiosa do Senhor Jesus Cristo sendo algum tipo devasso que estaria de acordo e disposto a alegremente abençoar qualquer imoralidade contrária à Palavra que Ele, sendo o próprio Deus, inspirou homens a registrar cuidadosamente.
E as coisas só pioram no âmbito espiritual: basta prestarmos atenção aos que nos cercam e descobrimos que se chamam de “filho de tal santo” ou “filha de tal orixá”, fora seus anjos, seus horóscopos, suas simpatias… ora, é claro que todos são livres para servir ao diabo que quiserem, mas depois não venham querer culpar ao Senhor Deus pelas desgraças que se sucederem!

E a área espiritual também vai de mal a pior para os cristãos, especialmente os evangélicos cuja maioria prefere se dedicar a todo o tipo de esforços… MENOS O DE COMPREENDER A BÍBLIA que carregam, lacrada e cheia de cecê, debaixo do braço: vão desde o emprego errôneo de uma percentagem de seu salário para fins impróprios, passando pela inclusão forçada de dancinhas no meio do culto que deveria ser racional, participação em marchas com finalidade puramente política, rejudaização, divulgação de profetadas que não se cumprem, incentivo à possessão por demônios dizendo que é o “Espírito Santo”*

“Porque está escrito: Como eu vivo, diz o Senhor, que todo o joelho se dobrará a mim, E toda a língua confessará a Deus. De maneira que CADA UM DE NÓS DARÁ CONTA DE SI MESMO a Deus.” (Romanos 14:11–12)

A passagem acima extermina os argumentos de alguns idólatras que alegam, baseados na passagem transcrita na abertura desse tópico (Hebreus 13:17), que os pastores darão conta das almas de suas ovelhas, conduzindo a um falso conceito de “justificação por obediência ao pastor”: eles deveriam velar pelas almas COMO AQUELES que vão prestar conta por elas — aliás, isso está bem de acordo com Lucas 10:27 e suas recomendações acerca do amor: se você é capaz de amar ao próximo como a si mesmo, há uma recíproca de que poderá zelar pela alma dele como se fosse aquele que dará conta dela, ou seja, ELE PRÓPRIO!
Ou seja, se seu pastor desvirtuou, degenerou, virou ladrão, adulterou… não há motivo bíblico e nem real para continuar seguindo e/ou sustentando um canalha e, por isso, eles não querem que textos como esse sejam divulgados e conhecidos, usando de seus púlpitos, independente da denominação (franquia), para tentar desqualificar e chamar gente como eu das coisas que eles próprios são!

Por fim, “A nação”, apenas uma e deste mundo, escolhida pelo Senhor para sua herança é ISRAEL!!! Lá estão as ovelhas e nós, animais do campo e do bosque (brasileiros, americanos, ou de quaisquer outras nações) que fomos agregados posteriormente, recebemos isso ESPIRITUALMENTE e só viremos a gozar de certos privilégios no porvir, coisa que, para desespero de alguns, parece estar bem perto de ocorrer… e é sobre isso que vamos falar agora.

CONCRETIZANDO UM PLANO BASTANTE ANTIGO

“Por que se amotinam os gentios, e os povos imaginam coisas vãs? Os reis da terra se levantam e os governos consultam juntamente contra o Senhor e contra o seu ungido, dizendo: Rompamos as suas ataduras, e sacudamos de nós as suas cordas. Aquele que habita nos céus se rirá; o Senhor zombará deles. Então lhes falará na sua ira, e no seu furor os turbará.” (Salmos 2:1–5)

Esta passagem é parte da introdução do livro de Salmos, que levou quase mil anos para ser compilado e tem em Davi o autor da maior parte de seus textos, ou seja: a conspiração rebelde contra o Senhor Deus teve início na aurora da história e só vem crescendo e se tornando mais complexa com a passagem dos milênios. Já nos tempos do próprio Senhor Jesus Cristo a coisa estava tão avançada que houve um episódio, bastante revelador, entre Ele e o próprio diabo:

“Novamente o transportou o diabo a um monte muito alto; e mostrou-lhe TODOS OS REINOS DO MUNDO, E A GLÓRIA DELES. E disse-lhe: TUDO ISTO TE DAREI se, prostrado, me adorares.
Então disse-lhe Jesus: Vai-te, Satanás, porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás.” (Mateus 4:8–10)

Pouquíssima gente atenta para o fato de que, se o diabo estivesse mentindo, a primeira coisa que Jesus diria seria algo tipo “como pode me oferecer algo que não possui?”, mas a resposta d’Ele não foi essa e há duas importantes referências bíblicas que explicam essa atitude:

“Respondeu Jesus: O MEU REINO NÃO É DESTE MUNDO; se o meu reino fosse deste mundo, pelejariam os meus servos, para que eu não fosse entregue aos judeus; mas agora O MEU REINO NÃO É DAQUI.” (João 18:36)
“Sabemos que somos de Deus, e que TODO O MUNDO ESTÁ NO MALIGNO.” (1 João 5:19)

Constatar isso pode causar grande mal estar em um primeiro momento — especialmente na multidão de idiotas que por anos sai “marchando para Gezuis” e declarando que esta ou aquela cidade pertence a Ele, sem se dar conta de que esse não passa de um movimento sordidamente político — , mas essa condição de aparente prejuízo não revela derrota e muito menos implica em fraqueza da parte do Senhor Deus, pelo contrário: indica a exatidão milimétrica com que Ele vem cumprindo Sua Palavra profética.

Satanás, ao contrário da imagem assustadora apresentada, especialmente nos filmes de terror, pode se revelar de forma extremamente oposta à que poderíamos esperar:

“E não é maravilha, porque O PRÓPRIO SATANÁS SE TRANSFIGURA EM ANJO DE LUZ. Não é muito, pois, que OS SEUS MINISTROS SE TRANSFIGURAM EM MINISTROS DA JUSTIÇA; o fim dos quais será conforme as suas obras.” (2 Coríntios 11:14–15)

E, assim como na aparência, o inimigo de nossas almas é magistral em camuflar suas intenções de destruição e morte da humanidade com objetivos de uma bondade transcendental, coisas que promoveriam avanço, bem e paz para a humanidade… isso bem desde o início!

1. Quando a serpente alegou que algumas árvores haviam sido proibidas para que os “pobres humanos” nunca tivessem acesso aos benefícios da “elite” — quer exemplo mais SOCIALISTA / COMUNISTA que esse?!? — e Eva, tão cheia de iniciativa quanto uma FEMINISTA que “luta por seus direitos”, foi, meteu a mão, comeu e ganhou: levou pelas fuças o pecado e a morte, que só entraram no mundo por conta desse episódio!
1a. Ainda observando o episódio acima, constatamos que os primeiros vetos oficiais de toda a história humana foram justamente relativos ao consumo dos frutos de duas árvores… e hoje em dia nos deparamos com os MACONHEIROS, especialmente os “góspels”, alegando que tudo o que é natural deve ser consumido livremente por ser “criação de Deus”…

2. E tem aquele tragédia que ocorreu porque o Senhor Deus queria um sacrifício animal: Abel, todo simples e obediente, ofereceu umas ovelhinhas e agradou; mas Caim, o espertão, achou que Ele tinha de virar VEGETARIANO e tentou enfiar “frutos da terra” goela abaixo, sendo recebido com a maior frieza… e aí, magoadinho por “não ter sido reconhecido”, foi lá e ̶e̶s̶t̶a̶b̶e̶l̶e̶c̶e̶u̶ ̶c̶o̶t̶a̶s̶ ̶p̶a̶r̶a̶ ̶a̶s̶ ̶m̶i̶n̶o̶r̶i̶a̶s̶ matou o próprio irmão!!!

Uns seis mil anos depois e ainda há gente chamando essas porcarias de “IDEIAS REVOLUCIONÁRIAS”. tentando nos convencer de que são boas e de que vão dar certo, proporcionando liberdade e bem estar para a humanidade…*

Infelizmente o oposto da doutrina maior que aparece na citação acima, o CAPITALISMO, também não é a solução espiritualmente oposta, permitindo que quase tudo que se opõe a Deus seja adquirido… e isso, eventualmente e além do dinheiro, pode custar a própria alma do consumidor.

Enfim, eu poderia passar mais um bom tempo reapresentando coisas sobre as quais já escrevi — pois, no final das contas, todo esse texto acaba não passando de uma grande recompilação — porém acho que vou usar o fator SPOILER e contar o final… não apenas o final desse texto, mas do mundo e da rebelião dos reis da terra como um todo!


Podem espernear, gritar, dar chiliques, fazer marchas, dar as mãos, jejuar, profetizar, explodir bombas atômicas… absolutamente a despeito da vontade humana, essa é a palavra profética dada pelo próprio Deus e há de se cumprir com exatidão, caso contrário o Criador dos céus e da terra Se permitiria qualificar como mentiroso… e a mentira é coisa que Ele odeia!

CONCLUSÃO

O mundo, especialmente o Brasil, tem governantes péssimos?
Certamente, mas dadas todas as características de rebelião contra Deus, ignorância, imoralidade, preguiça, má fé… seja exatamente esse o governo que estejam merecendo!
Sofro junto e oro para que o Senhor julgue e traga Sua justiça aos corruptos, sem deixar de querer ver a severa punição por suas maldades, porém meu temor é que a troca das figurinhas que estão no poder possa acarretar em consequências ainda mais desastrosas e que trarão sofrimento ainda maior sobre o mundo, afinal… há uma importante referência sobre isso:

“Porque haverá então grande aflição, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tampouco há de haver. E, se aqueles dias não fossem abreviados, nenhuma carne se salvaria; mas por causa dos escolhidos serão abreviados aq’ueles dias.” (Mateus 24:21–22)

Não tenham dúvida de que, através de sua corrupção, alguns governantes estão pecando e podem, sim, ser passíveis de uma oração semelhante a essa realizada pelo apóstolo Paulo…

“Em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, juntos vós e o meu espírito, pelo poder de nosso Senhor Jesus Cristo, SEJA, este tal, ENTREGUE A SATANÁS PARA DESTRUIÇÃO DA CARNE, para que o espírito seja salvo no dia do Senhor Jesus.” (1 Coríntios 5:4–5)

A Palavra de Deus não é o conto de fadas bonzinho como algodão doce que muitos (que nunca a leram atentamente) acreditam ser e divulgam, tendo passagens bastante definitivas e até chocantes. Encaminho este texto para seu final apresentando duas destas:

“E não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma; temei antes aquele que pode fazer perecer no inferno a alma e o corpo.” (Mateus 10:28)
“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna (…) Aquele que crê no Filho tem a vida eterna; mas aquele que não crê no Filho não verá a vida, mas a ira de Deus sobre ele permanece.” (João 3:16 e 36)

Isto posto, concluo ressaltando que há, sim, possibilidade de alguém destinado à salvação — que NÃO É UNIVERSAL! — estar pecando e vir a perecer para que cessem seus erros e sua alma seja preservada, mas destino pior será os do que não creem em Cristo — mesmo sendo pessoas “normais”, politicamente corretas e praticantes dos mais belos atos humanitários…

“Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus.” (1 Coríntios 6:10)
“Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos que se prostituem, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; O QUE É A SEGUNDA MORTE.” (Apocalipse 21:8)

Entendam que minhas palavras são apenas elo de ligação didática entre os textos imutáveis registrados na Palavra de Deus: não passo de um plagiador cumprindo a função de mensageiro.
Ao contrário de alguns que dizem crer, mas matam e explodem (pois sabem que seu deus é inerte em si próprio), não atirei, não explodi bombas e muito menos quero impor minha fé a ninguém, principalmente por saber que só poderão crer aqueles que foram destinados, pelo próprio Senhor Deus, para isso… e é nas mãos d’Ele que entrego a sua vida, caro leitor, seja você cidadão ou governante; de direita ou de esquerda; criatura ou filho.

Obrigado pela atenção.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.