Passaredo: Destruindo Qualquer Logística de Receptivo e Transporte!


Aeroporto Internacional Tom Jobim, 13 de dezembro de 2016.

De súbito, o Passaredo 2258, que estava inicialmente previsto para as 15:31, sofreu um atraso de mais de duas horas, mudando seu estimado para as 17:40h. Contando com a esperada demora da bagagem, acertei com o recepcionista — que já havia cumprido um turno de 9 horas — um acréscimo de duas horas extras em seu cachê. O motorista se dispôs a aguardar.

Meu interesse é que o receptivo solucionasse logo essa chegada e fosse para casa descansar e se preparar para a chegada do Copa 873, estimada para 01:41 do dia seguinte, mas… faltando 1 minuto para o “pouso”:


Nesse momento a situação complicou, pois o motorista tinha outro compromisso e, item de contrato, teria de ser pago por conta da disponibilidade.

Mas ficou pior!


Por fim, cansados de mentir, largaram esse estimado falso por lá, mesmo tendo se passado mais de uma hora!


QUEM FALA O QUE QUER...