fbpx

Amara Relevium

Assim que entramos na capela minha irmã logo percebeu que Cristo estava pregado na cruz... e para nós, especialmente naquele momento, era muito importante a reafirmação de que a cruz está vazia: sob esse símbolo jazia, como se apenas dormisse, o corpo de nossa mãe. Ainda hoje é difícil explicar o que sentia naquele momento,... Continuar Lendo →

Me dá um "joinha"?

Dominical

A OPRESSÃO DA FINITUDE O mal estar dos domingosvem de quando meu irmão ia para Guará estudar;foi reforçado quando eu também passei a ir pra lá…consolidou no domingo que ele foi para de onde nunca voltará. Depois foi meu primo Vieira, que num acidente de domingo também partiu;E agora, por fim, minha sogra, que num... Continuar Lendo →

Me dá um "joinha"?

Abrindo Meu Coração

“ Whatever happened to my garden of black roses…” Querido sobrinho…Apesar desse texto inteiro acabar girando em torno de sua escolha, ele em momento algum é seu: resolvi concretizá-lo para registrar meus próprios sentimentos, expor e revisar as bases de minha fé e, caso a morte se manifeste, não deixar dúvida alguma sobre minha linha de... Continuar Lendo →

Me dá um "joinha"?