fbpx

A OPRESSÃO DA FINITUDE

Tem­po esti­ma­do de lei­tu­ra : 6 min

O mal estar dos domin­gos
vem de quan­do meu irmão ia para Gua­rá estu­dar ;
foi refor­ça­do quan­do eu tam­bém pas­sei a ir pra lá…
con­so­li­dou no domin­go que ele foi para de onde nun­ca voltará.

Depois foi meu pri­mo Viei­ra, que num aci­den­te de domin­go tam­bém par­tiu ;
E ago­ra, por fim, minha sogra, que num domin­go sucumbiu.

Domin­go, para uns dia d’O Senhor e reve­rên­cia pro­fun­da ;
Dia que os tor­ce­do­res do fute­bol podem achar lin­do…
Pen­san­do bem, pre­fi­ro a “dure­za” de reco­me­çar a vida na segun­da
que a melan­co­lia de ver a mor­rer mais um domingo.


Foi num domin­go que ensur­de­ci.
Foi num domin­go que vi minha mãe par­tir.

Me dá um “joi­nha”?
Gos­tou ? Me aju­de compartilhando…
  • 9
  • 9
    Sha­res

Geovane Souza

Já fiz e faço tantas coisas que só criando um site para concentrar e apresentar essa variedade.

>
Creative Commons License
Except where otherwise noted, GeovaneSou, Eu Mesmo by Geovane Souza is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.